domingo, 15 de janeiro de 2012

O que é Nacional...

Nunca gostei de alinhar no coro do "o que vem do estrangeiro é que é bom". É certo que também não sou o mais patriota dos Portugueses mas, se há coisa boa nesta história da emigração é poder constatar que afinal de contas eles, os estrangeiros também não é só virtudes! 
Há imensas coisas em que a Suíça está muito atrasada em relação a Portugal. Exemplos: a internet é normalmente cara e muito mais lenta que em Portugal, as ofertas são fraquinhas e muito iguais umas ás outras; enquanto em Portugal existe um verdadeiro internet banking, por aqui dá para ver o saldo das contas e pagar a renda e pouco mais, nem sequer dá para pagar o telemóvel; Multibanco não existe: cada banco tem as suas próprias caixas automáticas que dão para levantar dinheiro e pouco mais; à hora do almoço está tudo fechado e depois das 18h esqueçam as compras; não há creches e ATL em número suficiente; não há casas em número suficiente e não há lugares de estacionamento. Para além de que se paga até o ar que se respira! Claro que depois temos todos os aspectos em que eles são, de facto, melhores que nós mas isso agora não interessa nada.
Mas tudo isto para chegar á comparação que agora, passados 3 meses já posso fazer...
Em termos de Serviço de Saúde a diferença entre Portugal e Suíça está apenas nos recursos. Enquanto em Portugal qualquer dia estamos a reutilizar fraldas descartáveis e a por os doentes a vigiarem-se uns aos outros, por estes lados há material e pessoal com fartura para trabalhar. Já a qualidade dos profissionais... garanto-vos que já vi de tudo por aqui desde pessoal altamente profissional até grandes abéculas que não desejo na minha cabeceira, se estiver doente. Também há lobbys, invejas, grupinhos, preferidos, injustiças e malta a lamber o cú ao chefe. E o chefe (neste caso "chefes" que só no meu serviço são 2 chefes e 5 adjuntos!) também se deixa levar em joguinhos de interesses e políticas. Mas na chamada "hora da verdade" já vi colegas a fazerem merda da grossa, a colocarem em risco o doente e a cagarem-se completamente para este último. Se não fosse a organização, a planificação, a fiscalização (como devem calcular, com tantos chefes a vigiar quase nada passa em claro!) e os recursos, ai, ai...
Em termos de trabalho nós, os Portugueses (é somos três aqui no serviço, com um quarto a caminho) náo ficamos atrás de ninguém! Era só por os Suíços a mandar em nós e garanto que seríamos um dos países mais ricos do Mundo! 

10 comentários:

margarida disse...

Engraçado, é o que eu e os meus colegas portugueses dizemos. É pôr suecos a gerir as nossas empresas, o nosso país e era uma riqueza, literal.
Também tenho essa noção: a fiscalização faz a diferença. Nunca trabalhei em Portugal claro, mas sei que aqui há fiscalização que funciona, que controla, que não só castiga mas dá sugestões quando alteram as leis.
Beijinhos e bom trabalho

PS: aqui também não se faz quase nada no multibanco, pela net fazemos tudo, mas Deus abençoe os portugueses pelas funcionalidades do multibanco

Katty disse...

Realmente temos a mania que o do estrangeiro é tudo melhor.
E sim o problema está em quem manda em Portugal. Enfim... Vamos ver no que isto vai dar.

Sara disse...

Não é apenas pelos nossos olhinhos bonitos que há muitos locais que dizem que os enfermeiros portugueses são dos mais bem preparados a nível de ensino. Já que estudar enfermagem em Portugal não serve para se trabalhar por cá, ao menos que sirva para se trabalhar fora do país.
Por acaso não tinha essa noção da Suíça, sempre pensei que estivessem mais evoluídos!

Ana C. disse...

Adorei este post. Principalmente a conclusão :)

Ana C. disse...

Pessoas, não se esqueçam que fomos nós, os Tugas, que inventávmos a Via Verde :) Hoje em dia podemos ir ao Mac Drive e pagar com via verde.

Anónimo disse...

Uma pequena correcção: A via verde foi inventada por uma equipa Norueguesa. Portugal foi o primeiro país do mundo a dar utilização à invenção :P http://www.q-free.com/

Márcia disse...

Olá,

Eu trabalho em projectos europeus e uma coisa que me apercebi há muito tempo é que ao nível de competência não ficamos a dever nada a ninguém e para além de conseguirmos fazer o trabalho com a mesma qualidade da malta do norte da Europa, muitas vezes adicionamos criatividade e o "desenrascanço". Nas conversas com amigos onde há a tendência a só falar mal do que por cá se faz, defendo com unhas e dentes a nossa capacidade profissional.
Agora no norte da Europa a justiça e a fiscalização funcionam e isso faz com que sejam mais cumpridores e também, as competências transversais como a cidadania e responsabilidade social são mais notórias.

Carla Isabel disse...

Os nossos governantes são o problema ...claro...mas nós é que votamos neles...:S

Temos que fazer um out sourcing :)

joao disse...

miguel percebo o teu ponto de vista mas estou em disacordo em alguns aspectos, sobretudo no q diz respeito à internet. Para começar ja a fibra optica domina, em portugal isso tá longe de acontecer. Tens hot spots quase em todo o lado, e quase sempre desprotegidos, vais a uma fnac em portugal e ficam a olhar para ti como se fosses..estrangeiro. Noutro aspecto, posso-te dizer que pago quase todas as minhas contas pela net, pelo telefone a propria conta do telefone eu pago. abraço;)

Marcia P. disse...

Completando o que disse: por os Suíços a mandar em nós e fazê-los expulsar esta cambada de polítiqueiros que está a levar o país para o abismo.