segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Irra!

Cada vez que uma doente me pede para "ser meiguinho" antes de uma injecção, uma única resposta ecoa na minha mente: "Mas, minha senhora, eu vou apenas dar-lhe uma injecção, não a vou sodomizar!"
O que quererão elas com isso? Que lhes dê beijinhos fofos enquanto introduzo a agulha no glúteo?

11 comentários:

S* disse...

Oh comigo tinhas de ser muito meiguinho senão eu chorava. :P

Ana. disse...

É pá, que mau feitio!
;)

Ana C. disse...

Sim beijinhos nos glúteos claro, ah e festinhas também. Acho que é o mínimo que podes e deves fazer para minimizar a dor do paciente.

Anónimo disse...

Elas dizem isso porque não têm mais nada para dizer! É o clichê da relação enfº-doente!
Haviam de dizer o quê? Espete praí?!

Miguel disse...

S*, referes-te à injecção ou à sodomia??
;)

Miguel disse...

Ana C., ler comentário anterior.

Miguel disse...

Anónimo, "espete praí" seria uma novidade refrescante!!

Luh disse...

Eh pah,a sério,não me importo mesmo nada de tomar injecções.Acho que quando levei 3 seguidas de penicilina no rabinho quando tinha 6 anos fiquei imune a qq tipo de receio a agulhas x)

Bypassone disse...

Acho que o sentido implícito é "espete-ma devagarinho e sem fazer muito sangue sff"...

Miss Complicações disse...

Olha.. realmente nunca peço para serem meiguinhos, mas acho que o vou começar a fazer. Não há vez que não me espetem agulha sem que fique toda negra. Acho que ser sadomizada deixava menos marcas...

ishia disse...

... e saltou-me uma grande gargalhada =).