sábado, 14 de fevereiro de 2009

Adeus, até um dia.

Acabei de prestar os ultimos cuidados de que aquela senhora irá precisar: os cuidados post-mortem. Nunca é agradável, mas a senhora merecia o descanso que agora terá. Adeus, até um dia.

2 comentários:

Izzie disse...

Tambem eu, um dia mais tarde, trabalharei em contacto com realidades assim. Só não sei como vou conseguir o equilibrio entre a minha integridade emocional e os momentos de perda como este. Será que cada dia vou sentir a dor de perder alguém? Ou vou ter de ser uma médica sem componente emocional pelos doentes? Não me parece ser possível. mas tb, viver uma vida de perdas constantes, ninguém aguenta!

banita disse...

Que cuidados são esses, McSleepy? Limpeza e preparação do corpo para a funerária?