sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O Encontro.

Tendo como pretexto uma "reunião de trabalho" que permitisse a troca directa de ideias entre os três autores de um blogue fantástico e que todos deviam seguir, encontrei-me pessoalmente com duas das mais brilhantes mentes da blogosfera: Ana C. e Melissinha. O local escolhido foi o Magnolia Caffé, em Lisboa. Logo à partida o local escolhido era uma razão para ir com algumas reservas. Afinal, uma espécie de café com livros, com lounge e jardim? Tudo isto me pareceu demasiado fino e, porque não dizer, snob para alguém do povo, como eu e cujo ganha pão consiste em limpar os rabos extremamente borrados de idosos acamados.
Depois os backgrounds das ilustres senhoras: uma guionista que escreve novelas para a TV e uma tradutora / revisora de texto que também trabalha para a TV! Duas figuras quase-públicas, obviamente. Eu, um enfermeiro que mal sabe juntar duas palavras quando comparado com estas duas profissionais da língua Portuguesa, comecei logo por dar um bom exemplo da minha rudeza (e, no fundo, da minha portugalidade) chegando atrasado e deixando as senhoras à espera! Assim que entrei no espaço escolhido (eu sugeri uma qualquer Fnac mas elas acharam que isso seria demasiado populista) senti o peso da distinção dos clientes: circunspecção será a palavra que melhor define o ambiente. Tudo calada ou a falar em surdina, a ler jornais "sérios" ou revistas "culturais". Nada de Correio da Manhã, Record e TV Guia. Aprumadamente vestidas em contraste com as minhas calças de ganga pretas e t-shirt verde estampada! As senhoras acenaram timidamente e logo Ana C. fez valer o seu status social de habitante de Cascais, cumprimentando-me com um beijo apenas e deixando-me de cara "pendurada" esperando pelo segundo!
Contudo, como havia imenso assunto para conversar (obrigado blogosfera!) e como um homem nunca se atrapalha, logo a conversa estava a correr de feição! Blogosfera, livros, viagens, família, histórias profissionais e a famosa "conversa-macabras-sobre-mortos-e-afins-de-profissional-de-saúde" e alguma má-lingua acerca de "blogs que são tão maus que temos de os seguir para poder dizer mal!" foram os motes para cerca de quatro horas de conversa animada! Sinceramente, não fiquei desiludido. Quer a Ana quer a Mel foram aquilo que estava à espera e até mais!! A Ana tem o mesmo humor acertivo, corrosivo e certeiro em pessoa e é bastante mais simples do que estava à espera! A Mel é ainda mais divertida em pessoa do que o que transparece no blog!
Fartámo-nos de comer, num brunch que incluiu pão, scones, bolo de chocolate, ovos mexidos com salsicha e bacon, sumo de laranja natural que espalhámos pelo chão porque o jarro estava com defeito, compotas, café e chocolate quente, ovos "benedict" feitos na hora e rúcula!! Muita rúcula... que só a Melissa comeu. Fomos servidos por um empregado antipático e pouco competente, as pessoas aparentemente alheadas das nossas conversas fartaram-se de prestar atenção ao que dizíamos, a ponto de os cinco amigos da mesa do lado não disfarçarem o seu interesse por uma conversa que envolvia monstros e morte e loucura (tem a ver com uma história...)!
As coisas correram muito bem, foi divertido, interessante e estimulante! Mas, atenção, só se deve fazer com bloggers seleccionados.
PS: o "jardim" de que falam no artigo sobre o café... bem, não é bem um "jardim"... é mais um pequeno rectângulo de terra com algumas ervas (rúcula?) e umas pedrinhas brancas espalhadas! E eu que ia a pensar em descalçar-me e passear livremente pela relva...

10 comentários:

Márcia disse...

E o grande motivo do encontro era escreverem mais e até agora só houve mais 1, umzinho post no referido blog...

Aguardo mais desemvolvimentos e tenho a dizer que a história está arrepiante e bastante enigmática.

Cá aguardo cenas dos próximos capítulos...

Miguel disse...

AH AH AH Márcia!! Bem observado! Na verdade temos que nos penitenciar face aos nossos seguidores do Blogonovelas mas nas horas que durou a conversa apenas uma meia horita foi dedicada ao objectivo que pretendia atingir!! Afinal, como acontece sempre em todas as reuniões...

Melissinha disse...

Haha Ana, o homem achou que éramos umas pomposonas (ao contrário de popozudas, que isso eu sou), nós que só vamos ao Magnólia para encher o bandulho.

E eu nisso ainda não sei se a Ana realmente cumprimenta com um biju só.

Melissinha disse...

E vai-te lixar quanto ao aprumadamente vestidas, que eu ainda uso as calças de grávida compradas em 2a mão.

Lia disse...

já tinha lido sobre esse encontro no blog da Ana C. e fiquei com aquela sensação que vocês pareciam mais amigos que se reencontraram do que pessoas que se conheceram ali...corrige-me se estiver errada!

Ana C. disse...

Melissa fomos injuriadas. Eu beijei com um apenas só para o deixar pendurado e ele levou a sério!!!!
Miguel exijo uma adenda em que faças um desmentido sob o risco de te processar por calúnia ;)
Pomposas nós???? A Melissa com calças de grávida em segunda mão e eu com calças de grávida ponto.
De resto tens memória fotográfica, não te escapou nada homem, mas é que mesmo nada...

Bypassone disse...

Ó senhor escritor, é "mexidos" que se escreve...
;-)

Nuvem disse...

LOLOL
mas imagino que estejam as duas impecáveis e que tenha sido super divertido.
Mas concordo com a Márcia.... tanta conversa, tanta coisa... e o povo (nós) cá continuamos à espera dos capítulos seguintes :)

beijinhos e bom fim de semana

Sílvia disse...

Homem do povo? pronto então kakaak =)

Melissinha disse...

O homem do povo é que ia muito bem asseadinho, t-shirtinha da marca.