quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Subir os padrões.

Não sou tipo de entrar em bate-boca, troca de galhardetes e escalda de insultos. Confesso que é algo que me cansa. De cada vez que assisto a duas pessoas que entram numa corrida de impropérios fico sempre com a sensação que são duas crianças que se degladiam por algo perfeitamente insignificante.
"Tu és mesmo estúpido!
E tu és parva.
"Ainda por cima mal-educado!" (esta diverte-me sempre pois sai da boca de quem, invariavelmente, abriu as hostilidades!)
"Olha-m'esta doida..."
"Doida é a tua mãezinha ó cabrãozinho de merda!"
"Puta
"Corno
"Vaca
"Paneleiro
.... e assim continuam! E, para estas coisas vulgares não me convidem que eu sou um gajo de classe. Por isso confesso que tenho uma estima muito especial, respeito até, por quem me consegue insultar com alguma classe! Por exemplo, admiro muito mais quem me ofende com um sofisticado "cretino" do que com um vulgaríssimo "burro". Ou então "imbecil" em vez de "estúpido". E porque não substituir o pueril "parvo" por um assertivo "idiota"? Fiquei agradavelmente surpreendido quando há alguns dias atrás, num aceso debate entre colegas, alguém optou por deixar de lado o famoso "tu deves ser é parvo" por um subtil "tu és intelectualmente limitado". É que isto faz toda a diferença! Esta escolha revela que a pessoa que profere o insulto nos tem em alta consideração. Um dos insultos que mais gosto de arremessar é um elaborado "mentecapto". Reparem que em vez de gastar a minha energia num longo e furioso "Mas como é que raio acabaste a merda do curso se no lugar do cérebro tens uma ervilha!" arrumo o assunto com "Lamento mas não discuto com mentecaptos." Isso ou "oligofrénico". Uma das poucas vantagens de ter a minha linha de trabalho é o facto de podermos utilizar vocábulos pouco conhecidos da maioria das pessoas para as insultar. Assim, o insultado perde uma arma importante: a espontaneidade! Responder a um "Filho da Puta!!" rapidamente é fácil, está-nos nos genes, é imediato. Por outro lado, dar troco a um impropério do tipo "Que sofras de priapismo até ao final dos dias!!" é confuso porque, em boa verdade, a pessoa não sabe bem o que raio isso é!! Já não estarão os carecas aborrecidos de morte com as velhas piadas de piolhos que patinam na sua careca lisa e reluzente? Claro! Então porque não inovar com um "Essa alopécia está a impedir-te de pensar"?
Pronto. A partir de agora solicito aos imbecis oligofrénicos com problemas de erecção e ejaculação precoce que gostam de me insultar, que o façam com algum nível! Ah, e o meu pénis é maior que o vosso...

8 comentários:

Lia disse...

lolol...
ter estilo e classe vê-se é nos momentos em que o sangue sobe à cabeça...muito bem!

Ana C. disse...

Havia um puto no liceu, meu colega de trás, que andava constantemente a meter-se comigo, bocas ordinárias atrás de bocas até a minha paciência ter decidido encher-se e a indiferença ter cedido lugar à explosão quando no meio de uma aula de filosofia lhe gritei:
Luís tu és a a causa viva pela qual o aborto deveria ser legalizado.
Tive o meu momento de glória, fui aplaudida e tudo. O mentecapto emudeceu para todo o sempre :)

Ana. disse...

E pronto, lá fui eu ao dicionário ver o que significava oligofrénico!!
Vivendo e aprendendo!

Agora estou até um pouco ansiosa por uma discussãozita em que possa atirar com este espectacular vocábulo às trombas (perdão - à face)de alguém que mereça!!

;)

TIA COMPLICAÇÕES disse...

Que desactualizada que me sinto, vou procurar o dicionário e compor uns impropérios elegantes para utilizar amanhã......o mais certo é arregalarem-me os olhos e...?????? Mesmo assim vou treinar as falas........FUI ;)

Anónimo disse...

lol

Este é provavelmente o post mais intelectualmente estimulante que o Miguel escreve!!
Adorei as referencias aos insultos polidos!! Eu não sei insultar como a maioria das pessoas, os palavroes não me saem de maneira nenhuma(educação rigida)! Em algumas situações causa-me verdadeiros dissabores!
E sim, sim, sim!! O facto de dominarmos os termos clinicos permite-nos verdadeiros brilharetes no momento do insulto, sempre acrescidos de especial "sabor" quando o alvo do insulto percebe a subtileza!!! :D
Por isso, isto de verificar que há mais alguem que insulta com estilo, com classe e sofisticação... seguindo um protocolo de verbalização... Uau, foi demais!
Obrigado

Cumprimentos

A.Silva

JBrito disse...

Gostamos muitodo Miguel Esteves Cardoso, não gostamos?

Se o seu pénis é maior que o meu?
E seguido o seu contexto e sem nada contra a sua pessoa ou presença virtual, verga-o a uma disposição inferior de 180º com a elasticidade possível e remeta-o no orifício rectal?
Sim?

Miguel disse...

JBrito, é esse o espírito! Obrigado por um insulto matemático.

ishia disse...

Lol... genial.adorei! :)