quarta-feira, 2 de junho de 2010

Coisas com histórias!

**** Disclaimer: qualquer semelhança com um baby-blog é pura coincidência.
Há uns dias retirava a roupa da máquina de lavar. A Mariana resgatou do sótão as roupinhas de bebé do Gabriel e está a prepará-las para o David! Uma das vantagens de ter filhos do mesmo sexo!
Enquanto retirava aquelas roupinhas pequenas, coloridas e ilustradas com bonecos queriduchos e engraçados dei por mim a recordar momentos passados com o Gabriel, quando era um bebé de poucos meses. E lá estava a 1ª roupa que vestiu, ainda na maternidade, os babygrows com animais estampados que ele não parava de mirar, as meias pequeninas, as pequenas calças de homenzinho, e as pequenas camisolinhas com molas nos ombros. E a cada uma delas que saía da máquina quase que conseguia ver o Gabriel com elas vestidas, a dormir, a rir, a chorar. Consegui relembrar a sua carinha-de-anjo enquanto dormia, o quanto adorava o aconchego das pequenas toalhas depois dos banhos, a sua satisfação depois de "bolsar" o resto de leite que já não cabia na barriguinha. Voltei a sentir o seu cheiro-de-bebé, a ouvir o seu choro-de-bebé e o seu riso-de-bebé! Sim. O meu filhote já não é um bebé, como ele próprio afirma!
Montámos juntos o berço onde ele dormiu até começar a andar! Pareceu-me estranho estar de novo a montar um berço quando tinha a sensação que ainda ontem o tinha desmontado! Mas foi há mais de um ano! E ele subiu lá para dentro com uma facilidade estranhei e o berço pareceu-me pequeno. Ainda ontem o Gabriel chorava para que o tirassem daquelas grades, punha-se em pé agarrado a elas e sorria para nós! Ainda ontem ele caiu dali quando tentava sair sozinho e ainda ontem lhe tirámos as grades de protecção e depois, uma caminha nova! Ainda ontem ele era tão pequeno e agora já não cabe ali dentro!
Essas roupinhas cheias de história serão agora do David, o meu "mainovo"! Ele terá certamente as suas próprias roupas, a sua própria história, mas aquelas roupinhas serão sempre pedaços de recordações dos meus dois filhos. E aquele berço também, e alguns brinquedos, e tantas outras coisas! As coisas, em si mesmas, não têm valor e algumas delas já foram para filhos de amigos e para instituições de caridade, mas as recordações essas, não tem valor.

7 comentários:

Tia Complicações disse...

Uma pequena surpresa no meu blogue :)

Adriana D. disse...

Que lindo post de baby blog!

Ana C. disse...

É a nostalgia a dar sinal de si. Depois me dirás se não vais reviver tudo de novo e sentir-te estupidamente estranho.

Elisabete Martins disse...

Bem, bem... Sim senhor, gostei de ler. Estamos um bocadinho lamenchas... mas, dadas as circunstâncias... É mesmo aproveitar, porque eles crescem tão depressa.
Beijinhos aos bebés, ao que ainda está no choco e ao que espera ansiosamente,
Beta & Co.

Lia Santiago disse...

Isto nao e um babyblog mas, este post e dos mais bonitos que tenho lido.

Muito bonito, sim senhor.

euzinha disse...

OLá Miguel!
Sigo o blog ha algum tempo e ja aqui deixei algumas msg's...mas hj não podia deixar passar.. estou grávida pela 2ª vez e agora é um rapaz. Está previsto p 14 de Agosto, Gabriel e David tb foram dois dos nomes pensados... mas ainda nao decidimos... Neste feriado tb estive e preparar as roupinhas do pequenote...
Beijinhos à minha companheira de viagem! Está para quando o David?
Beijinhos algarvios

Fábio Silva disse...

O reflexo sentido dos sentimentos de uma mãe. Gostei do texto, e do teu blogue também. ;)