quinta-feira, 28 de maio de 2009

Eu tenho o poder!!

Estou no trabalho desde as 8h. Entre cuidar dos doentes e das rotinas do(s) serviço(s) já tive a reunião com o formador, combinei os turnos a cumprir em Junho e li (na diagonal e com várias interrupções para trabalhas, que é pró que me pagam, não para estar calmamente sentado a ler manuais de diálise!!) cerca de 1/4 do material teórico total. Neste momento estou cansado de ler e fartinho de trabalho. Pausa só para ver o ambiente virtual e para partilhar um dos meus pequenos prazeres profissionais: abcessos!
Adoro quando aparecem abcessos para drenar!! Dou saltinhos de contente! É como espremer borbulhas mas com dimensões elevadas à 10ª potência. Hoje um daqueles abcessos lindos... Ocupava toda a zona perineal, desde o anús até à base dos testículos. E lá estava ele, estumescido, pele tensa e brilhante. Toquei-lhe e estremeci... estava mole, madurinho, pronto para a colheita. Preparei o anestésico e o bisturi... uma "sprayzada" do líquido frio e anestésico e... ZÁS!!! Um corte rápido e preciso!! O pús amarelo-esverdeado jorrava sob tensão daquela porta de saída que criei, qual salvador do pús oprimido, misturado com sangue impuro. Apertei as margens do quisto e mais, e mais pús saiu das profundezas impuras do corpo humano. Ri histericamente para dentro do meu ser. "Sim, sim, SIM!!!! AH, AH, AH, AH!!" estava possuído pelo poder de libertar aquela malignidade. Parei quando o doente começou a trepar, literalmente, pela parede à sua frente. A dor, essa inominável besta, vencia-me... Deixei por terminar o meu belo trabalho mas encaro o amanhã com esperança e ansiedade pois nova experiência extasiante me espera, à hora marcada para novo tratamento. Resta-me o odor sugestivo que se colou bem fundo nas minhas narinas para acalmar tanta excitação.
Ah... as sensações que estas mãos conseguem arrancar dos meus doentes...

11 comentários:

undutchablegirl disse...

Eh pá, tu és maquiavélico! Medooooo!!!
Ah ah ah ah ah ah!

Hope disse...

És mais estranho do que eu pensava... :)

Banita disse...

Não és nada maquiavélico, Miguel! Eu sou igual, cresce-me água na boca sempre que vou espremer borbulhas/pontos negros!! Porra, devia ter escolhido a tua profissão! Com este post deixaste-me com água na boca... Maldita inveja!

Tasha disse...

Credo pá!!! Até doi a ler... Fónix!!! Maldade, maldade!!

Anónimo disse...

lol

Caro colega a sua mania é demais... regozija-se até com os gritos de dor dos pobres pacientes...

E a descrição... magnifico uso das palavras!!! lol

Muito bom!! Cada tolo com a sua mania... a minha tmbém passa por ver o "Circo pegar fogo"!!
O stress a adrenalina dos doentes desorientados, manipuladores, e até agressivos (nada como uma conversa de malucos), a adrenalina das sincopes, das paragens cardio-respiratórias e respectiva reanimação...
Adoro sentir a tensão a acumular-se, a iminência do acontecimento... quase como o ensurdecedor silêncio que antecede uma enorme tempestade...

Ha Ha Ha a profissão tornanos mesmo pessoas distorcidas, excentricas... Malucos bem integrados e felizes!

Cumprimentos

A.Silva

Ana C. disse...

Miguel sabes aqueles filmes de terror que não conseguimos parar de ver por puro masoquismo? Pois é passou-se o mesmo quando estava a ler o teu post. Só que a seguir virei-me para o lado e gregoriei-me toda!!!!!!
Obrigada por este momento purulento.

Ana. disse...

Miguel!
Eu prefiro acreditar que neste texto fizeste um uso soberbo da ironia!!
Diz-me que tenho razão!!
;)

Miguel disse...

Ana., lamento admitir que sou um verdadeiro "freak" que retira prazer com as substâncias mais nojentas que o corpo humano é capaz de produzir!!!

kuka disse...

Este foi o post mais estranho que eu já devo ter lido em toda a blogosfera.

É de salientar que não deixa de estar um must!

beijinho

Anónimo disse...

Ainda bem que tens o poder !
É que por mais que o doente estivesse a trepar de dor, é certo que foi uma preciosa ajuda e um belo momento de intimidade eheheh

Maria Manuela disse...

Dassssssssseeeeeeeeeeee

Eu, que já tive uma Bartolinite, até me encolhi.

Se alguma vez eu me metia nas tuas mãos !!!