quarta-feira, 27 de maio de 2009

Triste.

Triste não foi o Man. United ter perdido. Triste foi ver aquela equipa recheada de estrelas a arrastar-se pelo campo, a falhar passes, a dar o terreno ao adversário. E o Barcelona, que fez um GRANDE jogo, merecia melhor adversário. Estou triste pelo CR7. Apesar de achar que ele não devia falar em público, ele é para mim o melhor jogador do mundo. É muito mais completo que o Messi. E ele, hoje, merecia melhor equipa.

4 comentários:

Melissinha disse...

Partilho a tua dor.

Banita disse...

Nós também vimos o jogo e segundo o Banito, o Manchester jogou muito mal, assim como o CR7, eu confesso que vi aos pedaços, entre ler-vos e ver um jogo de futebol, adivinha qual eu escolhi? ;)
Para o ano há mais e o CR7, apesar de bom jogador, parece-me que lhe falta cabeça mais madura, o homem é todo emoção e razão... ZERO!! Tem muito que aprender com o Figo, por exemplo.

Pedro Santos disse...

Pena foi que esta final fosse jogada por uma equipa que devia ter-se ficado pelas meias-finais da prova, mas que beneficiou da ajuda descarada de um árbitro norueguês que actuou ao bom estilo da arbitragem tuga... Não é só em Portugal que se viciam resultados!

Hope disse...

Também eu tive pena... O próprio Ronaldo prometeu muito nos primeiros 10 minutos mas depois desapareceu um bocado.
O Puyol irrita-me!