quarta-feira, 30 de setembro de 2009

What Men Want...

Encontrei esta entrevista de rua na revista "Sábado". A pergunta: "O que faz os homens mais felizes?" Fantástico...


Paula, Paula... "praticar o amor"??? Mas que raio? A continuar a praticar o amor não vais longe minha querida...

Ora lá está!! Susana, o importante é estar calada! E também arranjadinha!! Isso não abona muito a teu favor, pois não? Será que também "praticas o amor"?

Cátia, és a típica controladora que não largas o teu homem nem nos momentos "guys only"! Aposto que ele se farta de beber... para esquecer!

Passar a roupinha a ferro e arranjar para o dia seguinte. Hmmm, e um leitinho quentinho antes de dormir?? A pergunta era acerca do teu marido, não do teu filho, ok?

Cláudia, o teu marido "pratica o amor" com a comida!! Será que depois de cachupa e moamba ainda há força para... bom, tu sabes.

E, finalmente, um mulher sabedora!!
E vós, meu vasto auditório feminino? Que fazeis vós para a satisfação egofálica do vosso homem?? E, por favor, não digam que "praticam o amor"...




12 comentários:

costela de adão disse...

Eu também li estas respostas e adorei grande parte delas. A parte de "à moda antiga" como os cozinhados,casa arrumada, estar calada - uma pérola, porque o macho é que pode e deve falar - é aquilo com que mais me identifico. NOT! Há uns tempos circulava um email com conselhos da antiga Crónica Feminina e realmente avançáms um longo caminho. Algumas destas senhoras parecem saídas dessa época...

S* disse...

Credo. Quanta parvoice e submissao. Um homem não é um bonequinho que temos de servir.

Essa senhora sabe-a toda... APARENTE submissao. :P

Laetitia disse...

Eu achei as entrevistadas assim a atirar para o sonsinho!

a Gaja disse...

fartei-me de rir....

Anónimo disse...

Olhe Miguel, como diz um dos meus melhores amigos, "Para fazer comida, limpar a casa e tratar da roupa, já contratei a empregada. O que procuro numa namorada é uma companheira e que estejamos sempre lado a lado". Quando eu li esta entrevista, quase caí de lado! Eu, como mulher, não sabia se haveria de rir, se chorar... Ou então sou eu que estou errada, tal como os valores que me foram incutidos: companheirismo, igualdade, partilha, etc. (OK, também confesso que mal sei estrelar um ovo e também mal tenho tempo para fazê-lo)
Mas pronto, aqui tem a minha opinião:)
I. xx

PS- É a 1a vez que aqui comento, desde que conheci o seu blog no programa de rádio. Tenho a dizer que gosto imenso:D Continue!

Ana. disse...

Eu tenho pena que ainda existam mulheres acéfalas!
E fico feliz por ter nascido com um punhado de neurónios, a que dou extraordinário uso!!

Pode parecer frio e calculista, mas o justo é satisfazer na medida em que nos satisfazem a nós, o velho olho por olho, dente por dente... É claro que quando o amor (o emocional, não o outro!!) se mistura na mesma equação a coisa complica. Que raio de mania querer agradar a todo o custo a um homem! E a nós? Não temos nós, mulheres, o dever primordial de agradar a nós mesmas?!!

Chiça que pareço a Simone de Beauvoir a falar!!

;)

Lia disse...

e pratico "o amor" sim senhor! Para satisfação de ambos, lol!

Depois, acho que o meu homem não se deve sentir muito satisfeito, egofalicamente falando, porque faço tudo ao contrário das senhoras mencionadas: não lhe faço os pratos preferidos com muita frequência (até porque ele cozinha a maior parte das vezes), a roupa é passada a ferro quando há tempo e ele que se desenrasque e sou uma louca que o deixa sair com os amigos quando lhe apetece sem eu ir atrás.
Diz-me, tu que és homem, está a minha relação condenada ao fracasso?

Poetic GIRL - BELA disse...

Meu deus, cada resposta mais deprimente.... se isso é definição de amor, então não quero obrigado.... bjs

Ana C. disse...

A Cachupa deliciou-me, a própria palavra Cachupa sempre me fez saltitar de riso e agora percebo porquê.
Queres Cachupa amori?
Não, quero que me f......

Tasha disse...

Olha Miguel, mulherzinhas quese prestam tao bem ao um belo par de cornos bem fixados!! Mulheres submissas e que se esquecem de si próprias, nao merecem amor. Nao sabem amar... Marido é isso mesmo, marido, nao filho, nao é animal de estimacao.
Por mim, faco comidinha da boa, porque gosto e ele adora, borgamos juntos ou separados, como nos apetecer, e praticamos o amor em todos os recantos da casa. Somos felizes como podemos...

Lúcia disse...

Ora bem , não sou eu que cozinho lá em casa, a roupa é mandada passar a uma engomadoria que não há tempo para isso, quando não há roupa passada eu passo a minha e a da nossa filha e ele a dele, a arrumação e limpeza da casa é partilhada ( e não é o ele suja e eu limpo, lol ) mas temos empregada 6 horas*3 vezes por mês que faz o trabalho duro.
Para nos satisfazermos saimos juntos e em separado, fazemos mtos fins de semana fora de casa, a fugir à rotina e a conhecer novos lugares, coisa que adoramos, fazemos " o amor ", jantamos fora quando não a ele não lhe apetece cozinhar ou simplesmente porque sim ahhh e " deixo " que compre os gadjets que quase todos os homens gostam e que muitas vezes as mulheres não lhe vêm grande utilidade. Em compensação ele " deixa-me " gastar dinheiro em malas, sapatos, cabeleireiro, bijutaria e coisas, que os homens muitas vezes, acham que já temos muito.
Tb devemos estar condenados ao fracasso, mas " ppor acaso " somos felizes assim há 9 anos.
Bjnhs
Para

Enfermeiros Estagiários disse...

Alguém que meta sal nessa gente...