quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Especulações. Meras especulações.

Dúvida. Este é um assunto que anda latente na minha mente gráfica e muito imaginativa. Como é que vocês o fazem? Sim, porque são praticamente unânimes em afirmar que não se aproximam a mais de 30 cm da base e isso, no vosso caso, implica uma movimentação e uma logística que me intriga. Afinal, como é que vocês, mulheres, utilizam os WC públicos??
Imagino 3 posições essenciais.
Posição 1: calças nos tornozelos. Joelhos unidos e ligeiramente flectidos como se fossem sentar mas se detivessem a meio-caminho. Calculo que possa ser indicada para um xixi rapidinho mas, se for para sólidos talvez seja cansativo. Nesse caso, partamos para outras posições.
Posição 2: implica tirar as calças e a lingerie. De pernas afastadas e de costas para a parede, vão recuando até terem a sanita em ponto de mira. É higiénico mas deve ser um pouco constrangedor. Além de que esta posição não favorece a dejecção sólida, devido à posição dos músculos abdominais.
Posição 3: partindo da posição 2, coloca-se os pés em cima dos bordos da sanita e flecte-se os joelhos até ao fim. Como se o estivessem a fazer no meio de um campo, vá! Aqui temos uma posição que é confortável, relativamente pouco cansativa e eficaz para o que se pretende. Desvantagem: o equilíbrio é precário e os pontos de apoio estreitos, pelo que podem desequilibrar-se e dar cabo de alguma parte do corpo mais exposta.
E é isto. Mais uma dúvida de um homem que por vezes vagueia pelo imaginário do quotidiano feminino.

17 comentários:

Only Words disse...

Não consigo parar de rir! Do que te foste lembrar!?!?!?! AHAHAHAHAHA

A do giz disse...

Agora que perguntas... Não me lembro! Não me lembro do que aconteceu da última vez que utilizei uma. Mas sou sincera, o mato parece-me muito mais apelativo, para tais serviços, que uma casa de banho publica. Temos que devolver à natureza aquilo que ela nos dá, certo? Haha

Melissinha disse...

Depois de ler lido que é virtualmente impossível apanhar uma infecção no WC - bastante mais fácil com cuecas e pensos de tecidos duvidosos e as sempiternas mãos por lavar - caguei. Literalmente.

margarida disse...

Acho que a resposta é a 1. Isso de pôr os pés em cima da sanita é um bocado falta de respeito por quem se quer sentar :p

(ah! os joelhos não precisam de estar unidos)

Lúcia disse...

Uso a 1 sem joelhos unidos basicamente. Para os sólidos cansa mas é o mais higiénico, isso ou então forra-se antes a tampa da sanita com papel higiénico e assim pode-se sentar :)

Ana C. disse...

Eu até te dizia com todo o detalhe, não tivesses tu ofendido a minha pessoa, alegando que nem de férias vos deixo em paz. Sendo assim... Amuei

Reporter Da Vida disse...

Acho que muitas de nós usamos a 1. Mas que raio te foste lembrar.. :)
Para os sólidos, forro com papel higiénico. E já está.
Ameiii o teu blog.
Beijinhos

Miguel disse...

Ana Czinha... espero um post bem explícito contendo descrição bem gráfica sobre a forma como te desembrulhas nos WC públicos!!
Boas férias!

Marina disse...

A minha posição é igual à da Lúcia.

JP disse...

Boa tarde colega Miguel!

Não resisti, leia...

http://oconsultoriodamaria.blogspot.com/

Parabéns pelo blog, do qual sou leitor assíduo.

XuXu disse...

Tá boa a pergunta sim senhora... mas 30 cm é uma beca exagerado...
mas prontes...
casas de banho publicas as gajas cá de casa têm todas instruções explicitas... não tocar, não tocar...e por último não tocar...
as miudas... limpar com papel...
passar o gel desinfectante...
limpar com papel...
por papel na sanita...
e sim... sentar...
é k tenta lá tu fazer isso grávido de 9 meses, para além da fortuna, ganhavas a noção de que é muito, mas mesmo muito cansativo...
e com as miudas... é impossivel... então a mais velha mal chega á sanita pra se sentar....

Miss Complicações disse...

Normalmente tenho um problema em utilizar WC públicas. Mas em caso de desespero é mesmo a posição 1 que utilizo para expelir líquidos.
Em caso de algo mais sólido a coisa requer uma grande logística. 1º Limpar com toalhetes o tampo da sanita. 2º Forrar literalmente com papel toda a zona da sanita onde há contacto.3ºApoiar o mínimo possível na sanita, ainda que esta esteja forrada.
Mas é como dizes as WC publicas requerem alguma preparação física. Concluindo até nestas alturas somos valentonas :)

Bypassone disse...

Sabiam que vivem mais bactérias num carrinho de compras que em qualquer WC público? Estranho, não vejo ninguém a forrá-los com papel e/ou a empurrá-los utilizando outra coisa que não seja as mãos.....

Miss Complicações disse...

Byassone:
Confesso que me faz mais impressão troca de contacto e cús do que mãos. Ainda não empurram os carrinhos com o cú, pois não?
Psicológico ou não prefio empurrar carrinhos de supermercado do que meter a peidola directamente na sanita pública.

Bypassone disse...

Olha, eu só posso falar por mim... se outras pessoas os empurram com o cu ou não, não faço ideia. Mas sim sei que desde ranhocas (o chamado burrié nacional) até conteúdos de fraldas de bebé (e quem sabe se de adultos também) passando por praticamente qualquer secreção corporal, vómito, sangue -infectado ou não- pus e etc e tal, tudo isso está ou já esteve depositado na pega da maioria dos carrinhos de supermercado. Ou achas que quando os javardolas coçam o bujão em publico vão a correr lavar as mãos antes de voltar a empurrar o carrinho? É o facto da massa fecal (leia-se merda) passar pela mão em vez de vir directamente do cu do outro que faz a diferença? OK, nesse caso reconheço que não há motivo para alarmismos. Deve ser isso que se chama mão-de-santo.....

Maria disse...

LOOL. A posição 1 é a mais rápida.. e a mais segura também..:p

Banita disse...

Miguel: já que perguntaste... Eu, limpo o tampo da sanita e sento-me... em cima das minhas mãos! LOL
E honestamnete, pensei que os 16 comentários anteriores te fossem dizer o mesmo mas, afinal, parece que eu sou diferente...
No fim, lavo as mãozinhas! Agora comprei um spray desinfectante para desinfectar as sanitas públicas, pois não consigo de maneira nenhuma que a minha banitita faça de qq outra maneira que não seja sentada (nem tenho força para segurá-la em peso, um dia quando tiveres uma menina, vais perceber) mas, ainda não o utilizei... o facto é que é muito melhor para andar do que as toalhitas.