sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Não sejam parvinhas...

Com o número de divorciados a aumentar a cada dia, é comum convivermos diariamente com divorciados e com os seus problemas. A divisão dos bens, a custódia dos filhos a partilha das despesas destes, o cumprimento (não) do pagamento das pensões.
Há contudo um aspecto que é recorrente: o facto de muitas mulheres divorciadas atribuírem a culpa de todas as guerras que mantêm com os "ex" à nova companheira destes. Desculpem mas isso é parvo!! Se ele vos largou por ela, concerteza que não foi sob ameaça de arma de fogo!! Foi uma escolha dele, pela qual ele deve ser responsabilizado. Ao culparem "a outra" estão apenas a desresponsabilizar o homem e a gastarem energias em alguém que não vos diz respeito. Sim, essa mulher estará indirectamente envolvida e será, porventura, parte interessada no processo. Mas frases do tipo "Ele quer tirar-me os miúdos por causa daquela cabra!" é uma estupidez!
Meninas, upa, upa, depois deste pequeno aviso, a guerra continua!!

11 comentários:

disse...

Concordo em absoluto e fico até irritada quando ouço coisas do género.

Mulher a 1000/h disse...

CONCORDO! Afinal de contas, já todas sabemos, que a culpa... é sempre dos homens! LOL ;) - Isso só demonstra falta de auto-estima e insegurança de algumas mulheres, que é normal acontecer ocasionalmente, se no lugar delas, está outra... a "outra" é sempre um alvo mais fácil a abater... afinal de contas, nunca se esteve casado com ela! =)

S* disse...

É uma estupidez mesmo.

Enerva-me que ponham sempre as culpas no Outro ou na Outra. É imoral e incorrecto andar metido com alguem casado... mas porra, quem tem o compromisso connosco é o nosso parceiro.

Insultem-no a ele!

Marta disse...

Boa! alguém que pensa como eu! irrita-me particularmente comentarios tipo "aquela vaca é que se foi atirar a ele, coitadinho,..." Eu até posso concordar que os homens ás vezes são um cadito limitados mas nestes casos ninguém obrigada ninguém a nada...E se ele é que era o casado da historia era ele que tinha de ter em conta os compromissos que havia assumido. Pfffff. Enfim...

Teresa Queiroz disse...

tens toda a razão :) ...a meu ver não se deveria insultar ninguém , quando acaba é só porque teria que acabar ..e nunca se sabe quem é o culpado de quê e porquê .

Jeanette Zork disse...

é o mais natural na espécie humana...responsabilizar os outros ,quando o mais nobre seria enfrentar as asneiras que fizémos, reconhecer, tratar e prosseguir com a vida.

É uma m***a que as pessoas contibuem agir depois de adultas como se ainda estivessem no jardim-escola, tipo:

- Não fui eu...foi ela!!!!

Mas isto sou só eu a divagar....

Zork Kissis****

Nuvem disse...

Sendo eu... a "outra", não podia concordar mais :)
Falando a sério, pessoalmente acho que um casamento é feito por duas pessoas e se acaba, mesmo que o passo seja dado por um dos elementos, será sempre responsabilidade dos dois.
Pode parecer cliché, mas uma pessoa que esteja bem casada não se separa, nem procura fora de casa (sim, eu sei... é um pouco antiquado).
Mas culpar sempre a outra é ridículo e estúpido!
Por vezes, o melhor mesmo é olhar para o nosso próprio umbigo, ou pensar que se calhar o casamento/relação nunca estiveram bem....
Mas... a culpa nunca é nossa... é sempre do outro, certo?

Miss Complicações disse...

Há com cada desculpa para as frustraçõe... tsss tsss
Nós mulheres temos um capacidade inata para arranjar justificações para as coisas mais absurdas. É só mais uma qualidade a acrescentar. Lá na Chafarica está um post que roça aqui neste tema. É um post sobre "Putas, Santas e Filhos da Mãe"... hummm ou será “Santas, Filhos da Mãe e Putas"... NÃO, NÃO.. já sei é..."Filhos da Mãe, Putas e Santas"... Espera.. Olha! Já não sei. Vai lá ver se quiseres.

Pipi disse...

Isso até nos namoros...quando alguém trai alguém a culpa é sempre do(a) amante...As discussões que já tive com alguns amigos e amigas por discordar com isso...

Maria disse...

Isso será apenas uma desculpa.. Os Homens sabem resolver os problemas por eles mesmos.

Ana C. disse...

Mas a OUTRA jamais influenciaria o gajo a ficar com os putos ;) Para quê???? Ela quer é os filhos bem longe, principalmente se forem terroristas.
Agora a sério, também me irrita profundamente aquelas mulheres que culpam a outra de tudo. Ela é que desviou o homem, se não fosse ela ele não tinha ido embora, blá, blá. E ele, esse grande encornador? Deixou-se hipnotizar claro.