segunda-feira, 9 de março de 2009

Devia haver mais cabeleireiros homens que não fossem nem gay, nem caros!

Detesto esperar! Seja pelo que for. Se houver fila só fico se não puder adiar ou fazer noutro lado qualquer. E é por isso que eu ADORO a internet! Ir ao banco? Pagar contas e impostos? Fazer as compras do mês? Comprar viagens? Pedir assistência a um qualquer aparelho doméstico? São cada vez mais as coisas que se podem realizar através da internet e eu dou alvíssaras por isso!!
Infelizmente, há coisas que (ainda) não se podem fazer no conforto do lar. Um exemplo disso é cortar o cabelo. Coisa que tive de fazer há alguns dias. Para minimizar o eventual tempo de espera tenho uma técnica: nunca corto o cabelo sempre no mesmo sítio! Tenho 3 ou 4 locais de referência e, assim, se num as coisas estiverem demoradas posso sempre ir ao outro e assim, sucessivamente. Para mim o ideal é chegar, sentar, lavar, cortar, pagar e sair!
Contudo, existe sempre aquela variável estranha que estraga toda esta matemática. Eu tento cortar o cabelo durante a manhã (ao abrir do cabeleireiro) num dia de semana pois, o sábado é dia de todas as mamãs, tias, avós e netas irem arranjar o cabelinho. A variável neste caso são... as reformadas! Desta última vez ainda tive de esperar uns bons 20 (!!!) minutos até ser atendido porque uma velha gaiteira estava a pentear o seu ralo cabelo!! E se matraqueava a mulher!! "Ah a Soraia Chaves isto, a Rita Pereira e o Angélico aquilo, a Bárbara e a Catarina estão cada vez melhores, ai as novas mamas da Maia (ou Maya?), e a outra que teve um AVC é para não fumar tanto, porque as mulheres que fumam são umas porcas e no meu tempo levavam um tabefe do marido e nunca mais saiam de casa..." Ufffff. Santa pachorra...
Ah! Um pequeno pormenor ás senhoras cabeleireiras que lêem isto: os homens NÃO GOSTAM de percorrer o caminho entre onde lavam a cabeça e a cadeira com a toalhinha enrolada na cabeça, tipo turbante, OK?? Obrigado!

9 comentários:

banita disse...

Quem disse que o cabeleireiro não vinha a casa cortar o cabelo???!!
A última vez que o cortei, a cabeleireira mexicana, veio cá a casa, fez-me um corte moderno, giraço e paguei 3 euros!!!
Ah, ah, ah!!
Nada como viver num País de 3º Mundo!!

Miguel C. disse...

Pois!! Viva México!!

undutchablegirl disse...

Compra uma máquina daquelas que até pente zero tem e estás safo!
Soltei uma gargalhada bem sonora com o pedido às senhoras cabeleireiras! Foi uma excelente imagem! LOL

Miguel C. disse...

Socas, eu até compraria de bom gardo! O que não sabes é que eu tenho umas orelhinhas de abano e cabeça de pepino, por isso preciso do cabelo para compor a imagem ok? Aliás, é por isso que só me mostro do pescoço para baixo!

JS disse...

Eu sou fiel à minha cabeleireira. De uma fidelidade canina!!! E se por ventura tenho de ir a outro lado, até parece traição!

Cortar o cabelo em 4 ou 5 sitios...isso é que é traição!!!

undutchablegirl disse...

Ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah!

Ana C. disse...

Miguel, se tens cabeça de pepino, deixa lá estar o turbante que a cabeleireira te põe, porque depois do teu último post, não há toalha à volta da cabeça que te belisque a masculinidade, fica descansado...

MARIINHA disse...

Ha..ha..ha. Miguel estou a imaginar a tua figura de toalha enrolada em turbante à volta da cabeça a atravessar o salão.Nós mulheres já estamos habituadas a esse visual. Bjk

Miguel C. disse...

Ana C. não sei bem o que pensar deste teu último comentário...
JS, para uma mulher eu até compreendo, agora eu só preciso que me cortem o cabelo: pente 3 dos lados cortar e desbastar em cima. Tá feito!!!